INFORMATIVO MONITAL
Fique ligado nas últimas novidades do mercado de segurança
A INTERNET DAS COISAS E A SEGURANÇA ELETRÔNICA

Estimativas apontam mais de 50 bilhões de dispositivos conectados em 2020, o que irá atrair empresas, estudos e iniciativas no mundo para este universo ainda em desenvolvimento. Com base em números recentes, não é difícil imaginar a revolução que estamos prestes a presenciar neste mundo que um dia já foi 100% analógico. Assim como a internet mudou a forma como as pessoas vivem, trabalham e se comunicam, IoT leva a tecnologia a outro nível, sinalizando a próxima grande revolução tecnológica. Sejam bem-vindos ao Século XXI!

Na Segurança Eletrônica, estamos às portas do momento de disruptura do mercado causado pelo crescente investimento das empresas em soluções mais integradas e inteligentes.

Tecnologias como Inteligência Artificial, business intelligence, computação em nuvem, onde até nossa empresa já possui um App de Vídeo Monitoramento com imagens ao vivo de câmeras públicas na cidade de Foz do Iguaçu, totalmente gratuito (disponível nas lojas virtuais com o nome de “Monital Cloud”).

Outro exemplo é nosso App para o Sistema de Alarme Monitorado, já disponível para alguns modelos de centrais de alarme, onde nele você acompanha em tempo real toda as ocorrências do sistema, além de poder abrir um portão de garagem ou até mesmo acender uma luz do quintal, tudo isto remotamente via App.

Atualmente, existem várias inovações e programas de incentivo, como o Plano Diretor de IoT e pesquisa pública do BNDES para fomento de soluções IoT, no valor de R$ 15 milhões e outra para aceleração de 60 startups nas áreas da saúde, transporte e segurança, entre outras. Além do FINEP, que lançou um programa de financiamento de R$ 1,5 bilhões para projetos de Internet das Coisas.

E a Internet das Coisas também está ditando o novo momento para nas principais capitais mundiais. O conceito de Smart City tem definido as referências em integração de economia, acessibilidade, urbanismo e segurança e faz a demanda do setor de sistemas eletrônicos de segurança crescer.

O Ranking Smart Cities divulgou, no início de setembro, que Curitiba é a cidade brasileira mais inteligente do país, com destaque para Ipojuca, em Pernambuco, que novamente foi escolhida na categoria de segurança.

HORA DA VIRADA

A velocidade das inovações surge como ponto positivo para os agentes da segurança eletrônica. “Será necessário repensar a forma de se relacionar com nossos clientes”. Haverá desafios e oportunidades para a cadeia de valor do nosso mercado, portanto ou você pega o “bonde” agora ou irá ficar preso ao século passado...

Os mesmos sistemas que hoje ultrapassam dezenas de milhares de reais, poderão ser adquiridos por menos de 100 reais, com a mesma capacidade - ou superior - e podendo armazenar na nuvem uma quantidade nunca vista de dados.

“A Internet das Coisas já está acontecendo, o modelo proposto pelo projeto é totalmente disruptivo, portanto as empresas precisam se atualizar e acreditar que estas inovações irão mudar para sempre o destino da segurança eletrônica”.